Infecção por estafilococos em Cães

É infecção por estafilococos em cães contagiosas? Bem, em geral, verificou-se que os seres humanos e outros animais de estimação não se infecção por estafilococos, no entanto, é sempre aconselhável tomar algumas precauções, e para tomar essas precauções se tem que ser bem versado com os princípios desta condição.

Os cães são bastante sensíveis às infecções e que podem resultar de bactérias, vírus, parasitas ou alergia do cão para certas substâncias. Infecção por estafilococos, que é causada por uma bactéria pertencente ao género Staphylococcus, é  uma infecção bacteriana que  está emergindo rapidamente como uma doença de pele grave em caninos.

Causas
As causas prováveis ​​da infecção por estafilococos em caninos são conhecidas como sendo os seguintes

  • Alergias do cão  a partir de alimentos e poeira de contato ou pulgas.
  • Etresse emocional devido aos cuidados poucos do cão.
  • Sistema imunológico deficiente devido à alimentação pouco saudável ou um sistema imunológico fraco em cães.
  • Hipotireoidismo ou outros problemas hormonais.
  • Um registro de problemas de saúde.

Os sintomas
Os sintomas de infecção por estafilococos em cães são como se segue.

  • Pele vermelha e ulcerada
  • O tronco é a parte mais afetada do corpo do cão. Eles podem mostrar lesão de pele crocante e difícil na região da barriga.
  • Erupções cutâneas graves na pele  em estágios avançados.
  • O queixo, nariz e pés são áreas comumente afetadas que podem desenvolver erupções cutâneas.
  • Bolhas cheias de pus e bolhas cheias de sangue são comuns.
  • Dimensionamento e descoloridas manchas na pele.
  • Letargia e lentidão no comportamento do cão.
  • A perda de cabelo em uma taxa rápida.

Diagnóstico
O diagnóstico da infecção por estafilococos canina envolve estudar a história da saúde do cão e infecções anteriores da pele. Um exame físico completo é essencial, a fim de investigar todas as partes do corpo, onde os pruridos da pele e outros sintomas podem existir. O veterinário pode fazer testes, como a pele demolindo e completar o hemograma (CBCS), enquanto os métodos de teste de alergia podem ajudar a diagnosticar as possíveis causas.

Geralmente, os testes microscópicos da célula podem ajudar o veterinário para diferenciar entre a infecção bacteriana ou fúngica, e permitir uma melhor compreensão da doença. Uma pústula intacta pode ser muito útil para conhecer a causa exata e, portanto, o tratamento para a infecção. Outra técnica que é considerada como sendo proveitosa que é a biópsia da pele. Na biópsia da pele, remoção e exame profundo do tecido da pele são realizados. Consulte um veterinário, antes de dar ao seu cão qualquer medicação por conta própria, especialmente sem qualquer experiência prévia de lidar com um cão doente. Afinal, a saúde do seu animal de estimação do  é de extrema importância.

Tratamento
Na maioria dos casos, ao cão é geralmente dada medicação sobre o conselho do veterinário. As medidas iniciais envolvem a remoção do cabelo a partir das partes que têm lesões na pele ou erupções cutâneas. A remoção de pêlos auxilia na aplicação de pomadas e cremes outros  que são úteis na melhoria da condição da pele. O veterinário irá sugerir certos antibióticos que podem ajudar a proporcionar alívio para o cão, a partir da inflamação da pele e erupções cutâneas. No entanto, nem todos os antibióticos podem ser úteis,e  consulte  o veterinário antes de se apressar para visitar a loja mais próxima de veterinário. Limpeza em si é um dos critérios principais para o tratamento de seu cão. Lave seu cão com shampoos que são especificamente destinados para fins de tratamento de infecções da pele. Lave regularmente seu cão quando ele está em processo de tratamento, usando shampoos de antibióticos como o peróxido de benzoíla. Aplique ligaduras nas partes do cão que mostram feridas ou sobre os arranhões que se formaram devido a bolhas. Não se esqueça de usar cremes anti-sépticas.

Infecção da pele por estafilococos em cães pode ocorrer se houver negligência por parte do proprietário do animal. Então, certifique-se de manter a área ou o canil, onde o seu cão fica, limpo e higiênico. Durante o período de tratamento, é aconselhável manter o cão numa zona separada de modo que não afecte outros animais. Cuidar do cão adequado é essencial e visitas regulares ao veterinário são ainda mais importantes. Como a infecção por estafilococos pode ocorrer em qualquer idade do animal canino, é essencial para o proprietário do animal de estimação para ser vigilante e levar o seu animal para exames médicos pelo menos duas vezes por ano.




Related posts

Leave a Comment