Cão. Perguntas e Respostas sobre Saúde

Se você está em busca de respostas para os problemas de saúde do cão, tudo que você precisa fazer é percorrer a lista de perguntas e respostas comuns dadas neste artigo.

“Os cães não são a nossa vida toda, mas eles fazem nossas vidas inteiras.” ~ Roger Caras.

Os cães são mais do que apenas animais de estimação, e qualquer um que já teve um cão de estimação na sua vida, vai concordar com isso. Nós amamos nossos cães e queremos que eles sejam saudáveis ​​e felizes, abanando o rabo de alegria! No entanto, assim como nós seres humanos têmos problemas de saúde, até mesmo os cães são vítimas de doenças. Por isso, é essencial que você esteja ciente dos problemas de saúde comuns de cães, de modo que seu cão reciba o tratamento imediato, sempre que ele está doente. Então, quais são as muitas doenças que afetam os cães? Bem, muitos problemas de saúde do cão são semelhantes aos humanos, tais como a diabetes, artrite, cancro e mesmo a depressão. E você não precisa de se preocupar, pois a maioria das doenças que afetam cães, pode ser curada com tratamento adequado. O diagnóstico precoce do problema de saúde pode ajudar na rápida recuperação de seu cão. Agora, vamos dar uma olhada em algumas perguntas cão de saúde e respostas, que podem ajudar a resolver suas dúvidas.

Lista de perguntas sobre saúde do cão

  • Comportamento e Saúde Geral
  • Hábito alimentar
  • Saúde respiratória
  • Problemas de pele
  • Saúde Bucal
  • Saúde Digestiva
  • Saúde ortopédica (Ossos e Articulações)
  • Saúde Reprodutiva
  • Infecção e Pulgas
  • Diabetes
  • Outras Doenças e Problemas de Saúde

 

Perguntas sobre Comportamento e Saúde Geral

É o  excesso de peso do cão?A obesidade não é apenas um problema em humanos, e até mesmo os cães podem estar acima do peso, principalmente devido a excessos e falta de exercício. Muitos dos donos de cães não sabem que seu animal de estimação está acima do peso. Normalmente, os veterinários usam uma escala de 9 para saber se um cão é obeso ou não. 1 indica um cão está abaixo do peso, enquanto 9 indica um cão extremamente obeso. Um estudo recente concluiu que mais de 50 cães por cento são obesos. Obesidade em cães conduz a problemas de saúde cardiovasculares e, portanto, não pode ser negligenciada. Visite um veterinário para descobrir se o seu cão está acima do peso ou não, e seguir o método prescrito para reduzir o seu peso.

Por que o meu cão derrama / perder tanto cabelo?Derramamento é normal em cães e é algo que irrita os donos de cães muito. Não existem de não-derramamento raças de cães,e é justo que algumas raças de cães derramam comparativamente menos, enquanto outros tendem a verter excessivamente. Então, você precisa  dedescobrir a qual grupo o seu cão pertence. Derramamento também é afetado por variações sazonais, alterações nutricionais, infecções de pele, etc.. Grooming do seu cão regular pode ajudar a reduzir a taxa de derramamento. Se você observar que o seu cão lança excessivamente e você suspeita que há alguma outra razão, é recomendado que você consulte um veterinário.

Por que o meu cachorro está lambendo tudo?Uma pergunta muito comum feita por proprietários de cães é: “Por que é que os cães lambem?” Cães consideram lambendo como a forma de expressar amor por seu proprietário. Assim, este comportamento é geralmente ignorado por todos os donos de cães. No entanto, se você observar que o seu cão está lambendo tudo com bastante freqüência, então você precisa de ser cauteloso. Lamber excessivo pode ser uma causa de desordem comportamental. Além disso, muito lamber pode ser associado a um problema médico. Assim, o tratamento depende da causa subjacente. Para o distúrbio de comportamento, você pode se aproximar de um treinador de animais e fazer seu cão se livrar deste hábito.

Quantas vezes tenho que levar o meu cão a um veterinário?Freqüência de suas visitas a um veterinário depende muito do estado de saúde de seu cão. Se o seu cão é saudável, você pode dar uma visita a cada seis meses ou mais. No entanto, se o seu cão está sofrendo de uma doença, então você deve perguntar ao veterinário quantas vezes você deve visitar. Quando você notar qualquer comportamento anormal físico ou psicológico em seu cão, é recomendado que você visite o veterinário, no mínimo.

Quantas vezes tenho que levar meu cachorro para passear?Não existem regras para emolduradas quantas vezes por dia você deve levar seu cão para um passeio. No entanto, você deve levar seu cão para uma caminhada, pelo menos uma vez por dia, durante 30 minutos. Andar a pé é uma parte essencial da rotina de exercício de seu cão e garante a boa saúde do seu cão. Filhotes de treinamento para andar em uma coleira é uma tarefa simples e você precisa tomar algumas medidas simples para o mesmo. Caminhar não só evita problemas de saúde como obesidade, mas também irá ajudar o seu cão para se socializar.

Quantas e quais vacinas dar?A vacinação é uma parte muito importante da preparação do cão, que vai garantir uma vida saudável de seu animal de estimação. Sempre que você começa um novo cachorro, a primeira prioridade deve ser vacinação. Há uma série de vacinações disponíveis para vários tipos de doenças do cão. Há um padrão de programação desenhado para vacinação, dependendo da raça do cão. Vacinas estão disponíveis para a doença de Lyme, a raiva, cinomose, parvovirose, etc..

Por que o meu cão ofega excessivamente?Por que calça cães? Em cães, ofegando é uma fonte de liberação de calor do corpo ou a diminuição da temperatura do corpo, porque ao contrário dos humanos, os cães não suam. Apesar de cão ofegante é bastante comum, ânsia excessiva em cães não deve ser negligenciada. Fazendo uma nota que calça certas raças de cães excessivamente devido à sua estrutura facial, que inclui cães com cabeças pequenas (bulldogs, pugs, etc.) Mesmo os cães obesos calçam muito. Às vezes, pode haver alguma causa subjacente que faz com que seu cão calça excessivamente. Tais causas podem incluir infecção, acidente vascular cerebral dirofilariose, insuficiência cardíaca congestiva, obesidade, etc.. Assim, em caso de ânsia excessiva, é necessário que você consulte um veterinário para descobrir a causa raiz, e iniciar o tratamento adequado, no mínimo.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre hábito alimentar

Por que o meu cachorro está comendo grama?Todo mundo sabe que os cães são carnívoros, então por que os cães comem grama? Esta é uma pergunta muito comum feita por muitos donos de animais, o que realmente não tem uma resposta direta. Não pode haver muitas respostas para esta pergunta, que incluem uma dor de estômago, vitamina ou deficiência mineral ou apenas o fato de que seu cão adora o gosto de grama! Comer grama geralmente não é um problema, até ter certeza de que a grama é livre de pesticidas e produtos químicos nocivos. A deficiência dietética de fibra está ligada a comer grama. Em alguns casos, quando as fontes de fibra foram adicionados à dieta do cão, comer grama não foi notado mais. Comer grama não é prejudicial, mas devegarantir que ele não come excessivo.

Por que o meu cão come cocô?Você pode ter visto o seu cão comer cocô de si mesmo ou de algum outro animal e deve estar se perguntando por que os cães comem cocô? Você pode achar que é muito nojento e nojento. Comer cocô ou comer fezes é geralmente observada em filhotes, e é denominado como coprofagia. Há um número de razões que podem levar a comer cocô. Algumas pesquisas relacionam cocô a comer com a deficiência alimentar, enquanto outros dizem que pode ser um método de busca de atenção. Comer cocô pode causar problemas de saúde se a popa é infecciosa devido à presença de vermes nocivos, vírus ou bactérias. Se comer cocô é resultado de razões comportamentais, então você não precisa de se preocupar, como você pode se livrar deste hábito de treinar o seu cão para não comer cocô. No entanto, você pode precisar consultar um veterinário se seu cão está comendo cocô por causa de algum distúrbio médico.

Por que o meu cachorro estávomitando /tem vómitos?Este é um dos problemas de saúde mais comuns notados em cães. Há uma série de razões que podem causar vómitos. Você deve tentar encontrar a causa exata, porque algumas das causas podem ser fatais. Problemas na digestão, comer demais, infecção, inflamação do fígado, gastrite, etc, são algumas das razões que podem levar a vômitos. Inicialmente, você pode mudar a dieta do seu cão e observar se ele vomita. Devido à grande variedade de possíveis causas, diagnóstico do problema pode ser um pouco difícil. Então, consulte um veterinário, no mínimo, quando o seu cão vomita ou vomita com freqüência. Por que não é o meu cachorro comer?Perda de apetite, não gostam do sabor do alimento, problema de comportamento, doenças, etc, são algumas das razões que podem fazer seu cão parar de comer alimentos. Seu cão pode não gostar do cheiro dos alimentos e, portanto, pode evitar comê-lo. Experimente e experimentar com alimentos de cão que pode fazer seu animal de estimação quer comer. Às vezes, lesão ou doença pode causar desconforto ao animal de estimação, e leva à recusa de alimentos. Infecções virais e problemas digestivos também podem ser as razões pelas quais o seu cão não está comendo alimentos. Sempre consulte um veterinário o mais cedo possível, quando você observar que o seu cão não está comendo alimentos. O que devo alimentar meu cão?Os cães são onívoros e você pode alimentar o seu cão o que é nutritiva e saudável. Cada proprietário do cão deve garantir uma dieta equilibrada para seu animal de estimação, o que compromete de alimentos comerciais, bem como natural. Embora a escolha de alimentos comerciais para o seu cão, certifique-se de que é o recomendado por um veterinário, como cada raça do cão tem necessidades diferentes. A dieta de um cão deve conter fontes que contribuam carboidratos 50% e 25% de proteínas. Uma quantidade adequada de água é necessária para evitar a desidratação. Fazendo o seu próprio alimento de cão é uma boa maneira de alimentar uma dieta nutricional para o seu animal de estimação. Cebola, alho, pão, passas, ossos cozidos, etc, são alguns dos alimentos que você não deve alimentar o seu cão.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre a saúde respiratória

Por que o meu cão tosse?Há uma ampla gama de doenças que podem ser relacionadas com a tosse em cães. É um dos sintomas, que é um resultado de outros problemas de saúde. Tosse pode ser causada por inalação de irritantes alguns, ou pode ser causada devido a um problema fatal, como a doença cardíaca. Devido às muitas causas associados, diagnosticando a causa exata para a tosse pode ser difícil. Tosse do canil, a insuficiência cardíaca, infecção fúngica, alergias, pneumonia, etc, são algumas das causas da tosse. Assim, a determinação da causa, com a ajuda de um veterinário é necessário, para fornecer o cão com o tratamento adequado.

Por que o meu cão tem espirros?Espirros são comumente observados em cães e geralmente não é um motivo de preocupação. Espirros podem ser tratados como um sintoma de alguns outros problemas de saúde, que incluem, infecção do tracto respiratório superior, a alergia a poeira ou tumor. Tumor está associado com uma descarga de sangue enquanto faz espirros. Se o seu cão está espirrando com freqüência, em seguida, fazer uma visita ao veterinário, para descobrir a causa subjacente. O exame físico ajuda a descobrir a causa raiz, e o tratamento apropriado pode ser dado.

Por que o meu cão tem um nariz escorrendo?Como outros problemas respiratórios, corrimento nasal também pode ser uma indicação de algum outro problema de saúde. Se o líquido que sai do nariz é claro, então corrimento nasal em cães não é um grave problema de saúde. Mas se você notar um corrimento cor do nariz, então você deve visitar um veterinário, no mínimo. Ácaros nasal, infecções, alergias, etc, são algumas das causas de corrimento nasal em cães. Presença de sangue na descarga nasal pode ser um sintoma de cancro nasal.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre problemas de pele

Quais são algumas doenças comuns de pele de cães?Doenças de pele de cães são queixas comuns que os donos de cães enfrentam. Os cães são susceptíveis a diversos tipos de infecções da pele, as quais incluem as doenças de pele parasíticas, infecções fúngicas, infecções de alergia ou infecção bacteriana. Escabiose em cães é uma doença de pele, causados ​​por parasitas. Dependendo da causa, doenças de pele necessita de ser tratado através de métodos diferentes. Um exame físico e um estudo detalhado do histórico médico do cão é essencial para proporcionar o tratamento adequado.

Será que o meu cão tem sarna?Sarna em cães pode ser muito dolorosa e, há dois tipos de sarna, sarna sarcóptica e sarna demodécica. Sarna demodécica é causada devido ao ácaro demodécica, enquanto sarna sarcóptica é causada devido ao ácaro sarcóptica. Estes ácaros botam ovos na área afetada, levando a inflamação grave da pele. Manchas vermelhas, infecção, perda de cabelo na área afetada, bolhas, coceira e irritação, são alguns dos sintomas comuns de sarna. Sarna é causada por parasitas microscópicos que vivem na pele do seu cão. É necessário que cada proprietário do cão está ciente dos sintomas da sarna em cães. Se o tratamento atempado não é dado, pode levar à morte. Assim, sempre que você suspeita que seu cão tem sarna, consulte um veterinário, no mínimo.

Será que meu cão tem alergias?As alergias são algumas das razões comuns que causam coceira e coçar em cães. Há muitos fatores que levam a alergias do cão. Se o seu cão ou arranhões coça com freqüência, então as chances são de que ele sofre de algum tipo de alergia. Aqui está uma lista de alguns sintomas comuns de alergias do cão,

  • Fricção constante dos olhos e face.
  • Lamber e coçar todo o corpo.
  • Mastigação e lamber as patas.
  • Avermelhamento das axilas e virilha.

As alergias podem desenvolver devido a comida, mofo, fungos, pólen de plantas, etc Se você notar os sintomas acima mencionados em seu cão, se aproximar de um veterinário, para diagnosticar qual o tipo de alergia que seu cão está sofrendo. Uma vez que o tipo de alergia é detectado, o veterinário irá orientá-lo com que tipo de medicação deve ser dada para o seu cão, para reduzir os sintomas.

Será que o meu cão tem vermes?O número máximo de cães nascem com vermes, que são transferidos de sua mãe. Mas pode haver outras fontes de infestação de vermes. Vermes são nada mais que parasitas, que vivem no corpo do seu cão. Tapeworms, ancilostomídeos, micose e vermes são alguns dos vermes que podem infectar os cães. Cada um destes vermes mostram sintomas diferentes. Perda de peso, estômago inchado, baixo nível de energia, etc, são alguns dos sintomas de infestações por vermes em cães. Quando os vermes estão presentes, eles geralmente podem ser encontrados nas fezes. Vermes de cães são fáceis de tratar, se o tratamento atempado é fornecida. Desparasitação regular é a melhor maneira de evitar problemas de saúde devido aos vermes. Então, consulte o seu veterinário e obter um cronograma desparasitação para o seu animal de estimação.

Será que o meu cão tem pulgas?Pulgas são outro problema de saúde que causa problemas para os donos de cães. As pulgas são pequenos insetos encontrados na pele do cão e estas se reproduzem muito rápido. Arranhões e coceira são dois sintomas comuns de infecção de pulgas. É melhor consultar um veterinário quando você duvida que o seu cão é infectado por pulgas, porque coceira e coçar pode ser associado com alergias outros cães também. Existem remédios naturais disponíveis para evitar pulgas em cães. As pulgas podem fazer seu cão anêmico e, portanto, deve ser tratado com a maior brevidade.

Será que o meu cão tem carrapatos?Os carrapatos são certamente terríveis inimigos de seu cão. Estes são parasitas que são visíveis a olho nu e eles sugam o sangue através da pele do cão. Os carrapatos são pequenos redondas aranha-como insetos. Para saber mais sobre a forma como os carrapatos realmente olhar, faça uma pesquisa na internet e você vai encontrar imagens que ajudarão a identificar os carrapatos. Algumas carraças infectadas pode causar doenças como a A doença de Lyme para o seu cão, que precisa de um tratamento imediato. Assim, cada proprietário do cão deve aprender a identificar carrapatos. Se você encontrar algum parasita como no corpo do seu cão e se você não tem certeza se é um carrapato ou não, melhor visitar um veterinário. Remoção carrapato do cão pode ser feito por você e você não pode exigir a ajuda de um veterinário.[Voltar ao Índice]
Dúvidas sobre Saúde Bucal

Quantas vezes tenho que escovar os dentes do meu cão?Esta é uma questão muito importante na preparação do cão. Assim como os humanos, os cães também necessitam de atendimento odontológico. O proprietário de um bom cão deve escovar no cão dentes todos os dias. Se a escovação não é possível todos os dias, você pode ir para a escovação em dias alternados. Escovar os dentes do seu cão regularmente, é essencial para remover placas e outras partículas estranhas. Ela também ajuda a reduzir os riscos de doenças periodontais. Um erro comum cometido por muitos donos de animais é, usando sua própria pasta de dentes para escovar os dentes o seu animal de estimação. Esses cremes dentais que contenham ingredientes que podem prejudicar os dentes do seu cão. Usar sempre um creme dental e escova de dentes feito especialmente para cães. Você pode obter estas a partir de uma loja de animais nas proximidades.

Como se livrar do mau hálito em cães?Mau hálito, que é medicamente denominado como mau hálito, é um dos problemas mais comuns dentários enfrentados pelos donos de cães. Mau hálito pode ser um resultado de cárie dentária, o acúmulo de alimentos, placa bacteriana, doença periodontal, presença de bactérias na boca, problemas no sistema digestivo, problemas do trato respiratório, etc Agora, quando você se deparar com o mau hálito da boca do seu cachorrinho, o primeira coisa que você deve fazer é ter um olhar detalhado em sua boca. Se você é incapaz de fazer o que exatamente está causando mau hálito e depois visitar um veterinário, como ele pode diagnosticar o motivo para o mau hálito. Um dental check-up anual, pode ajudar você a manter um olho sobre a saúde bucal de seu cão. A prevenção é sempre melhor que remediar, por isso escovar os dentes do seu cão em uma base regular para evitar o mau hálito.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre Saúde Digestiva

O que é pancreatite canina?Pancreatite canina é uma doença fatal inflamatória, o que é considerado como o resultado da alimentação inadequada na dieta. É difícil de diagnosticar porque os sintomas são semelhantes a outros problemas de saúde. Desidratação, letargia, febre, dor abdominal e falta de apetite, são alguns dos sintomas da pancreatite canina. Cães que são castrados, excesso de peso e de meia-idade, geralmente são suscetíveis a esta doença. Se você duvida que o seu cão está sofrendo de pancreatite canina, você deve consultar um veterinário imediatamente. Se pancreatite canino não for tratada, pode levar à morte do animal. Uma vez que os diagnósticos veterinários que o cão está sofrendo de pancreatite crônica, ele precisa ser internado para tratamento. Durante e após o tratamento, é preciso dar atenção especial à dieta do seu cão, porque uma dieta recomendada deve ser seguido para a recuperação rápida e bom funcionamento do sistema digestivo.

O que causa a prisão de ventre em cães?Assim como os seres humanos, mesmo os cães podem começar a constipação. Há muitas razões que podem causar constipação em cães. Os cães têm o hábito de lamber o pêlo, mas muito lambendo pode levar à formação de bolas de pêlo que bloqueiam o cólon. Até mesmo alguns medicamentos podem causar constipação em cães. Além disso, se o seu cão tem consumido algum material estranho, como pedras, ossos, sujeira, etc, também pode levar à constipação. Mais uma razão para a constipação em cães, é a desidratação. Assim, garanta que o seu cão bebe uma boa quantidade de água diariamente. Um alimento de má qualidade, que é pobre em fibras, é a causa mais comum de constipação. Para além destas causas, qualquer lesão na região do quadril também pode causar prisão de ventre. Meu cachorro está com prisão de ventre. O que devo fazer?A constipação é fácil de tratar e você não precisa se preocupar com a saúde do seu cão, eo tratamento depende da causa da constipação. Se a constipação é devido à falta de fibras na dieta, então você deve aumentar o teor de fibras. Faça o seu cão beber mais quantidade de água, e incluem alimentos para cães de alta fibra na dieta. Dê quantidade suficiente de exercícios para o seu cão. Na maioria dos casos, a constipação em cães pode ser aliviado dentro de um ou dois dias. Se ele requer mais tempo, então é hora de conheci um veterinário. Além disso, constipação devido a outras causas, pode exigir ser tratado de forma diferente. Um veterinário pode orientá-lo com tratamentos mais específicos para as diferentes causas da constipação. Os laxantes podem ser utilizados para expelir fezes facilmente. Como vou saber se meu cão está sofrendo de problemas intestinais?Desde que os cães são incapazes de expressar seu desconforto, os sinais e sintomas só pode ser a fonte de saber se o cão tem algum problema intestinal. Existem vários tipos de problemas intestinais, causadas devido a vários fatores. Parasitas como bactérias ou vermes pode ser uma causa de problema intestinal. Alimentos processados ​​pode também causar problemas no intestino do cão. Vómitos é considerado como um dos primeiros sintomas de problemas intestinais em cães. Outros sintomas de problemas intestinais incluem diarréia, inchaço de energia, diminuição e perda de apetite. Se você observar qualquer um desses sintomas, então fazer uma consulta com um veterinário em breve para diagnóstico e tratamento. Quais são os sinais de dor de estômago?Dor de estômago é um dos problemas mais comuns de saúde do cão, que pode ser causada devido ao estresse, infecções, problemas dieta, etc.. Quando seu cão tem uma dor de estômago, ele vai tentar descansar o tempo todo. Pode comer grama para se sentir melhor. Consumo de grama geralmente provoca vômitos e pode aliviar o cão. Outros sintomas de dor de estômago em cães incluem a perda de inchaço, falta de apetite, febre, etc Sempre que você encontrar esses sinais, se aproximar de um veterinário, porque isso pode levar a mais problemas de saúde, como diarreia, perda de peso, etc..

Quais são os sintomas de gastroenterite?Gastroenterite pode vir a ser fatal, se o tratamento atempado não é fornecido para o cão. Diarréia e vômito agudo são dois sintomas precoces e líder de gastroenterite em cães. Outros sintomas da gastroenterite são ruído letargia, murmurando no estômago, fezes aquosas, etc O cão também pode apresentar alguns sintomas psicológicos como, agitação e depressão. Vômitos e diarréia às vezes pode ser os sintomas de outros problemas de saúde. Mas gastroenterite é marcada por um início repentino destes sintomas. Os testes de diagnóstico são necessários para confirmar se o cão realmente sofre de gastroenterite. Os testes de diagnóstico que podem ajudar a detectar gastroenterite incluem hemograma, raio-X do abdômen exame de urina, etc..

O que é a doença hepática canina?Doença hepática canina é uma das principais razões para a morte em cães. Esta é a razão pela qual você nunca deve ignorar qualquer um dos sintomas que podem indicar doença hepática canina. Fígado, que é o maior órgão no corpo, desempenha um papel importante em quase todos os processos que ocorrem no corpo. Assim, qualquer problema que causa disfunções do fígado, pode causar graves consequências para a saúde. O fígado é também responsável pela eliminação dos resíduos tóxicos a partir do corpo. Causas de doença hepática canina são infecção bacteriana, genética, câncer, pancreatite, medicamentos prescritos para o problema de saúde existente, trauma, etc Os sintomas leves durante os estágios iniciais da doença, o diagnóstico difícil, e muitas vezes quando a doença é diagnosticada , o cão já atingiu o estágio grave da doença. Aqui estão alguns dos sintomas comuns da doença hepática canina:

  • Problemas gastrointestinais, como vômitos, diarréia e constipação.
  • Letargia e depressão.
  • Dor abdominal.
  • Perda de peso ou perda de apetite.
  • Elevado consumo de água e micção freqüente.
  • Icterícia
  • Mudanças de comportamento e convulsões.
  • Barriga inchada.
  • Urina laranja

O tratamento necessário para a doença hepática canina depende completamente da causa. Mudanças na dieta precisa ser feito, uma vez que a doença hepática no cão é diagnosticado. Sempre que você se deparar com qualquer destes sintomas, em seu cão, em seguida, consultar um veterinário imediatamente e receber o tratamento necessário para a doença hepática canina.

O que pode causar diarréia em meu cão?Diarreia canina em si mesma não é uma doença e pode agir como um sintoma de algum outro problema de saúde. A diarréia é nada frequente passagem de fezes líquidas com coloração anormal. A diarréia pode ser uma conseqüência de comer algo que não combina com seu cão, ou até mesmo infecção do parasita. Existem dois tipos de diarreia em cães, diarréia aguda e diarréia crônica. A diarreia aguda grave que não é, em comparação com diarreia crónica. A diarreia aguda é um aparecimento súbito de intestinos soltos, causada devido ao consumo de lixo ou de qualquer comida que é indigestível, e podem ser curados no prazo de dois a três dias. No entanto, a diarreia crónica pode ser causada devido a uma série de razões, como alergia alimentar, doença renal, infecção bacteriana, parasitas intestinais, etc diarréia crônica pode permanecer por um longo período de tempo. A causa da diarréia canina deve ser diagnosticada o mais cedo possível, para fornecer o tratamento adequado. O que causa a inflamação do estômago em cães?Como seres humanos, até mesmo os cães podem ter problema de inflamação do estômago. Inflamação do estômago é medicamente denominado como gastrite. Estômago inflamado é um resultado do consumo de qualquer indigestível
substância como o cabelo, lixo, plantas, substâncias ou mesmo tóxicos como detergentes e produtos químicos. Outras causas de inflamação do estômago são alergia a certos alimentos, o consumo excessivo de alimentos, medicamentos ou drogas. Algumas causas graves de inflamação do estômago são a infecção bacteriana, infecção viral, e insuficiência hepática. Vómitos, letargia, recusa de comida, aumento da temperatura corporal, diarreia, perda de peso, etc. são alguns dos sintomas de inflamação do estômago de cães. Você pode usar remédios caseiros quando você perceber esses sintomas. Se o cão não se recuperar dentro de dois dias, é necessário consultar um veterinário, a doença pode ser grave.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre Saúde Ortopédica

Quais são os sintomas de artrite em cães?A artrite é muito comum em cães mais velhos e, portanto, você não precisa de se preocupar se o seu cão começa a artrite. Inicialmente, ele pode ser bastante difícil de reconhecer que o seu cão tem artrite. Mas se você observar as mudanças de comportamento em seu cão, você pode facilmente detectar artrite em cães. Aqui está uma lista de alguns dos sintomas de artrite em cães:

  • Redução da atividade física
  • Desenvolvimento gradual de claudicação em ambos ou apenas uma perna
  • Dificuldade em mudar posições
  • Inchaço nas articulações
  • Incapacidade de pular ou subir escadas
  • Lambendo a parte afetada do corpo

Se você notar algum desses sinais, você deve se aproximar de um veterinário em breve. O veterinário irá realizar testes necessários para o diagnóstico de artrite e irá prescrever o tratamento adequado para seu cão.

O que pode causar dor nas pernas em meu cão? / Por que o meu cão mancando?

Quando seu cão tem dificuldade para andar, pular ou fazer as atividades físicas, indica dor na perna. Há várias razões associadas com dor na perna, em cães. A causa da dor na perna pode ser tão pequeno como uma lesão, ou algum problema de saúde, como artrite. Outras causas de dor nas pernas em cães, incluem displasia da anca, osteoartrite, panosteitis, osteodistrofia hipertrófica, patela luxating, etc diagnóstico da causa da dor na perna é necessário para o tratamento. Então, consulte um veterinário, se você encontrar o seu cão mancando. Quais são os tipos de fraturas ósseas em cães?Qualquer fissura no osso do corpo é chamado de fratura. Essa fratura pode ocorrer em qualquer osso do corpo, como pernas, crânio, coluna vertebral, mandíbula ou pélvis. Fracturas podem ser classificados com base no tipo de osso que é afectado, ou mesmo a forma do osso é quebrado. Quando o osso fracturado seja de tal modo que a pele sobrejacente é deixado inalterado, a fractura é referido como fratura fechada. Por outro lado, quando os projectos de ossos quebrados através da pele, então é chamado fratura exposta. Uma fratura em galho verde é aquele em que o osso tem uma rachadura, mas permanece intacto. Quando um cão tem mais do que um tipo de fractura do corpo, a condição é referida como fratura múltipla. Fracturas ósseas em cães não devem ser negligenciados, como algumas fraturas ósseas, como os da volta, pode causar problemas de saúde fatais como paralisia. Realinhamento do osso quebrado é possível e do tempo de recuperação depende do tipo de fratura.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre saúde reprodutiva

É o meu cachorro no calor?Esta é uma pergunta muito comum feita por proprietários de cães do sexo feminino. Ciclo de calor é semelhante ao ciclo menstrual em seres humanos. Normalmente, cadelas entram em cio duas vezes em um ano, com um intervalo de cinco a oito meses. Descarga de sangue da vagina e vulva inchada são dois sintomas comuns de calor do cão. Para além destas, o seu cão pode apresentar sintomas como, a proximidade com cães machos. Micção freqüente é mais um sinal de cães no cio. Mudanças de comportamento também pode ser observado durante o período de calor.Quando é que cadelas entram no cio pela primeira vez? Quanto tempo dura o último ciclo?Normalmente, o período de tempo em cães fêmeas vão para o ciclo de calor pela primeira vez, é em algum momento entre a idade de seis meses a 24 meses. Este período de tempo é a mesma para todas as raças de cães. Raças menores cão entrar em ciclo de calor em uma idade precoce, em comparação com raças maiores do cão. Se o seu cão não vai em calor durante essa faixa etária, então você deve levá-la a um veterinário. O ciclo de aquecimento geralmente dura de 2 a 4 semanas. Meu cachorro pode engravidar quando ela está no cio?Sim, ciclo de calor é o período em cães fêmeas podem engravidar. Assim, em qualquer momento do ciclo de calor, o seu cão pode engravidar. Geralmente, os dias de ciclo de calor são considerados como os dias mais férteis para a sua cadela. Criadores de cães geralmente recomendam que cadelas não devem ser autorizados a engravidar durante o seu primeiro cio. Isto pode causar certos problemas de saúde, se o cuidado não for tomado. Você pode obter informações detalhadas de um criador de cães sobre os sintomas da gravidez do cão. É o meu cão grávida, se sim, por quanto tempo será o período de gestação?Normalmente, o período de gestação de cães dura cerca de dois meses e varia com relação a raças de cães. Durante este período de gestação, o cão sofre alterações físicas e comportamentais. Aumento do abdómen e seios são algumas das mudanças físicas devido à gravidez, enquanto a ansiedade e agitação são algumas das mudanças comportamentais. Cães precisam de cuidados extras durante a gravidez. Eles devem ser fornecidos com toda a atenção necessária e conforto.

É o meu cão no trabalho, como é que eu vou saber?Há uma série de mudanças de comportamento quando o seu cão está à beira de trabalho. Você pode notar que o seu cão vai procurar um lugar confortável e tomar as providências para a entrega. Aqui está uma lista de sintomas que podem ajudar você a saber se o seu cão está em trabalho de parto.

  • Vômito pode ser visto em cães grávidas, algumas horas antes do parto.
  • A temperatura do corpo do cão grávida diminui drasticamente antes da entrega.
  • Você pode observar que o seu cão está inquieta.
  • Ela pode querer você perto dela para o conforto. Você pode notar constante olhando.
  • Rejeição alimento é considerado como um dos primeiros sinais de trabalho cão.

[Voltar ao Índice]
Dúvidas sobre Infecções e Pulgas.

Arranhões do meu cão em seus ouvidos e balança a cabeça de vez em quando. Pode ser infecção de ouvido?Ouvidos coçando e agitação excessiva da cabeça são alguns dos sintomas mais comuns de infecção no ouvido. Qualquer coisa que provoca acúmulo de umidade e prejudica a drenagem do ouvido, pode levar à infecção de ouvido em cães. Mesmo a presença de partículas estranhas, como pólen, carrapatos, poeira, mofo, etc, podem causar infecção do ouvido. Infecção do ouvido leva a um grande desconforto em cães, por isso, um veterinário deve ser visitado quando você tiver algum dos sintomas da infecção no ouvido.

Quais são os sinais de infecção por estafilococos em cães?

Infecção por estafilococos é medicamente designada por infecção bacteriana estafilocócica, e é causada pela bactéria estafilococos. Staph infecção pode ser um resultado do sistema imunitário deficiente, pulgas de cão, depressão, sintomas, etc de infecção por estafilococos em cães incluem a perda de cabelo rápida, a descoloração da pele, úlceras na pele, etc.. Estes sintomas dependem em grande medida da gravidade da infecção por estafilococos. Infecção por estafilococos necessita de tratamento imediato e, portanto, um veterinário deve ser abordado quando estes sinais de infecção por estafilococos são observados.

O que são as infecções bacterianas que afetam cães?

Existem vários tipos de infecções bacterianas que podem afectar os cães. Essas infecções podem ocorrer em pele, olhos, trato urinário, sistema respiratório, sistema nervoso, etc.. As infecções bacterianas em cães não deve ser deixada sem tratamento, uma vez que podem conduzir a complicações. Aqui está uma lista de algumas das infecções bacterianas comuns em cães:

  • Brucelose
  • Actinomicose
  • Praga
  • Staph infecção
  • Leptospirose

Quais são os sintomas de infecção por fungos em cães?

Existem dois tipos de leveduras que podem causar infecções em cães: Candida albicans e Malassezia pachydermatis. Levedura infecções são geralmente causadas devido a um sistema imunológico fraco e alergias. As áreas que são normalmente afectadas pela infecção por fungos são os ouvidos e pele. A presença de levedura é indicado por um odor muito mau. A perda de cabelo, arranhões, a escala de descarga, do nariz e dos olhos ea pele de cera, são alguns mais sintomas de infecção por fungos em cães. Se você observar algum sintoma no seu cão, levá-lo a um veterinário, no mínimo. O veterinário irá diagnosticar o motivo subjacente para uma infecção por fungos e, consequentemente, irá proporcionar um tratamento.[Voltar ao Índice]
Dúvidas sobre Diabetes em Cães

Quais são os tipos de diabetes em cães?

Basicamente, existem dois tipos de diabetes canina que pode afetar cães, são diabetes mellitus e diabetes insipidus. Diabetes mellitus é dividido em tipo 1 e diabetes tipo 2. A diabetes mellitus é mais comum em cães, em comparação com diabetes insipidus. A diabetes mellitus é um resultado de uma deficiência de insulina no corpo do cão, enquanto a diabetes insipidus é causada devido a uma deficiência de uma hormona chamada hormona antidiurético (ADH). A diabetes tipo 1 é causada devido a uma produção insuficiente de insulina, ao passo que no tipo 2, a insulina é produzida no corpo, mas o corpo não se utiliza. O diabetes tipo 1 geralmente pode ser notado em cães jovens ou filhotes e, portanto, é denominado como diabetes juvenil.

Quais são os sintomas de diabetes em cães?

Uma vez que, o diabetes pode vir a ser fatal, cada proprietário do cão deve estar ciente dos sintomas de diabetes em cães. O diagnóstico tardio de diabetes pode levar à cegueira ou mesmo à morte, assim, o conhecimento dos sintomas de diabetes é uma obrigação. Os sintomas do diabetes podem variar e que geralmente aparecem gradualmente. Diabetes é chamada de “assassino silencioso”, como muitas vezes os sintomas não são observados até que o cão atinge a fase grave de diabetes. Dada a seguir são alguns dos sintomas mais comuns:

  • Sendo com sede de repente e consumo excessivo de água para continuamente por vários dias, pode ser um sintoma de diabetes. O consumo de água aumentou pode ter lugar de uma forma gradual.
  • Muitas vezes, os primeiros sintomas podem passar despercebidos. Mas micção frequente, o que é um resultado do excesso de bebida, pode ser facilmente observado.
  • Você pode notar que o seu cão, que era muito ativo antes, tornou-se muito inativo devido a letargia.
  • Hálito doce é mais um sintoma de diabetes em cães. Uma vez que, você está acostumado a respiração do seu cão, você pode notar a diferença logo. Isto pode indicar o nível elevado de açúcar no organismo.
  • Tremendo e agitação são dois mais sinais de diabetes, que indicam baixo nível de açúcar. Este é um problema de saúde muito grave e precisa de um tratamento imediato.
  • Você pode notar um aumento repentino ou diminuição do peso do seu cão sem nenhuma razão.
  • Aumento da susceptibilidade a infecções pode indicar diabetes. O cão pode ficar urinários, infecções fúngicas ou goma.

O que pode causar diabetes em cães?

Se você está ciente das causas, então você pode evitar diabetes em seu cão. Há uma série de factores que podem causar a diabetes em cães. Existem certas raças como Dachshunds, Keeshonds, pastores alemães, etc.which são comparativamente mais suscetíveis a diabetes, que outras raças. Cães obesos têm maior risco de ter diabetes. Isto é porque, o corpo necessita de uma quantidade aumentada de insulina, o que não pode ser produzida por seu pâncreas. Semelhantes aos seres humanos, a diabetes em cães pode ser hereditária. Assim, se qualquer dos pais de seu cão tinha diabetes, as chances são de que seu cão também pode ter diabetes. Alterações hormonais podem afetar a produção de insulina no corpo do cão e diabetes causa. De meia-idade cadelas estão em maior risco do que os machos. Se dieta do cão contém demasiada de alimentos ricos em açúcar e de ácidos gordos e, em seguida, aumenta o risco de diabetes. Inclua alimentos que são baixos em açúcar e carboidratos, e rica em fibras. Diabetes em cães também pode ser um resultado de algum outro problema de saúde. Doenças como a doença de Cushing e pancreatite canina pode conduzir a mau funcionamento do pâncreas, assim, conduzindo a uma produção inadequada de insulina. Alguns medicamentos podem causar disfunção do pâncreas, ainda levando a diabetes.

Que raças de cães são suscetíveis a diabetes?

Como mencionado anteriormente, existem certas raças de cães que apresentam risco aumentado de diabetes. A lista destas raças de cães é dado abaixo:

  • Poodle
  • Labrador retriever
  • Doberman
  • Springer spaniel
  • Bigle
  • Antigo cão pastor Inglês
  • Pinscher
  • Cairn Terrier
  • Chow chow
  • Golden retriever
  • Húngaro puli
  • West Highland White Terrier
  • Keeshond
  • Bassê
  • Schipperke
  • Spitz finlandês
  • Schnauzer miniatura
  • Samoieda
  • Malamute do Alasca

Como pode a diabetes em cães pode ser diagnosticada?

Diagnóstico de diabetes em cães é comparativamente mais fácil, em comparação com outros problemas de saúde. Sempre que você notar qualquer um dos sintomas de diabetes, você deve se aproximar de um veterinário, no mínimo. Um veterinário irá realizar testes físicos e médicos para diagnosticar diabetes. O veterinário irá pedir-lhe os sintomas físicos que fizeram você suspeita sobre a presença de diabetes. Em seguida, são realizados exames de sangue para verificar os níveis de açúcar no sangue. Ele  vai realizar alguns testes para confirmar se o cão está sofrendo de diabetes. Urina de cães diabéticos contém glucose, portanto, um teste de urina é também conduzida para o diagnóstico. Os níveis de açúcar no sangue normal para cães é de 70 a 150 mg / dl. Níveis de açúcar no sangue acima dessa faixa indica diabetes.

Qual é o tratamento para a diabetes em cães?

Diabetes em cães pode ser tratada e do cão pode levar uma vida saudável e longa. Então, você não pode se preocupar com a expectativa de vida do seu cão. O tratamento é geralmente similar ao tratamento dado para a diabetes em humanos. Diabetes pode ser menor ou muito grave. Assim, dependendo da intensidade da doença, o veterinário irá prescrever o tratamento. Mudança na dieta é o primeiro passo para o tratamento eficaz de diabetes em cães. O veterinário irá fornecer-lhe uma lista de alimentos que devem ser restringidas, e os alimentos que você deve dar a seu cão a comer. A dieta do diabético geralmente contém os alimentos ricos em fibras e pobre em gorduras e carboidratos. A administração de insulina é uma parte mais importante do tratamento do diabetes em cães. Existem diferentes tipos de insulina e que o veterinário irá dizer-lhe que tipo deve ser administrado para o seu cão. Alguns cães requerem única injeção por dia, enquanto alguns podem exigir dois. O veterinário irá orientá-lo com o armazenamento de injeções de insulina, e com as instruções sobre como administrar a insulina. Embora o diabetes não pode ser curado, você pode aliviar o seu cão a partir dos sintomas. Você deve sempre ter um controle sobre o nível de glicose, quando o cão está sob tratamento de diabetes.

O que devo fazer quando o meu cachorro é diagnosticado com diabetes?

A primeira coisa que você deve fazer quando seu cão é diagnosticado com diabetes, é aprender e ganhar todo o conhecimento possível sobre diabetes em cães. Falar com um veterinário sobre todos os detalhes que são requeridos para o tratamento de diabetes. Nunca manter qualquer consulta em sua mente e tire todas as suas dúvidas sobre o diabetes apuradas em cães. A administração de insulina é uma parte importante do tratamento do diabetes. Obter formação adequada do veterinário sobre o calendário eo método de administração de injeções de insulina. Você também deve falar com amigos ou parentes, que são donos de um cão diabético. Eles podem ajudá-lo com algumas dicas sobre como você deve tomar um cuidado especial com o seu cão diabético. Um bom conhecimento sobre o diabetes pode ajudar muito, para a recuperação rápida de seu cão.

Se diabetes insípido é semelhante ao diabetes mellitus?

Quais são os sintomas da diabetes insipidus?

Diabetes mellitus e diabetes insipidus não são os mesmos. Ambos são dois tipos principais de diabetes e são causadas devido a razões diferentes. Diabetes insipidus é um tipo raro de diabetes e é a deficiência de hormona antidiurética (ADH) no corpo. Esta hormona ajuda o rim para absorver a água. É também conhecido como distúrbio do equilíbrio da água, uma vez que o cão é incapaz de produzir a urina concentrada. A urina em tais cães é muito diluído e não contém glicose. Micção freqüente e sede excessiva, são os dois principais sintomas da diabetes insipidus. Outros sinais de diabetes insípido, que pode ser observado, são a desidratação, convulsões, desorientação e perda de peso repentina.

Quais são as causas da diabetes insipidus?

Como discutido anteriormente, canino diabetes insipidus é um resultado de uma deficiência de anti-diuréticos. Esta é uma hormona, que regula a função renal de absorver água. Este hormônio é liberado pela glândula pituitária, que é um órgão importante do corpo. Diabetes insipidus pode ser um resultado de qualquer produção inadequada de ADH ou incapacidade do corpo de responder ao ADH produzida. Existem dois tipos de diabetes insipidus, diabetes insípido central e diabetes insipidus nefrogênico. Central diabetes insipidus é causada devido a insuficiente produção de ADH pela hipófise, enquanto diabetes insípida nefrogénica é causado quando os rins não respondem ao ADH produzida no organismo. As causas reais que levam ao diabetes insipidus em cães são ainda pouco claras. Insipidus central do diabetes pode ser uma conseqüência do tumor na glândula pituitária, trauma, etc, enquanto diabetes insipidus nefrogênico pode ser causado devido a distúrbios metabólicos ou defeitos congênitos.

Qual o tratamento que deve ser dado se o meu cão tem diabetes insipidus?

Diabetes insipidus de tratamento depende do tipo de doença. Medicamentos e drogas são geralmente usadas para tratar a diabetes insipidus. Central diabetes insipidus é tratada através da administração de uma droga chamada desmopressina, que desempenha as funções de ADH. Este desmopressina está disponível sob a forma de gotas nasais, colírios e injecções. O tratamento para diabetes insipidus nefrogênico inclui medicamentos como diuréticos tiazídicos, clorotiazida, etc Cães que sofrem de diabetes insipidus são impedidos de consumo de sal. Diabetes insipidus não pode ser curado, mas os sintomas podem ser aliviados com o tratamento adequado.[Voltar ao Índice]
Perguntas sobre outras doenças e problemas de saúde

Quais são as causas, sintomas e tratamento para a doença de Cushing em cães?

Excepto cães, a doença de Cushing, também conhecida como hiperadrenocorticismo, é observada em seres humanos, gatos e cavalos. Esta doença é causada devido ao excesso de produção de um hormônio chamado glicocorticoide, que é resultado de mau funcionamento das glândulas supra-renais ou da hipófise. A doença é geralmente observada em cães que estão velhos ou de meia-idade. Os sintomas da doença de Cushing pode ser observado de forma gradual e, portanto, muitos donos de animais confundir esta condição de saúde como um efeito do envelhecimento. Há um número de sinais e sintomas relacionados com a doença de Cushing em cães. Estes incluem, micção frequente, beber em excesso de água, aumento do apetite, perda de cabelo, cicatrização lenta, camada fina, letargia, aumento da respiração ofegante, etc.. Tem sido observado que os cães que sofrem de doença de Cushing, uma vez muitos desenvolvem diabetes. O tratamento para a doença de Cushing completamente depende do estado de saúde do cão. O tratamento não é destinado a aumentar o tempo de vida do cão, mas aliviar o cão da dor causada devido à doença.

Quais são os sintomas de convulsões de cachorro?

Apreensão, que também é conhecido como um ataque ou convulsão, é um dos problemas mais comuns neurológicas em cães. Existem três fases de apreensão em cães, são fase pré-ictal, fase ictal e pós-ictal fase. Durante a primeira fase, o cão pode apresentar certas mudanças de comportamento como sialorréia, nervosismo, escondendo-se do mestre, balançando etc A fase ictal é o único, onde a apreensão de fato acontece. Contração muscular, micção, defecação, salivação, etc, são alguns dos sintomas desta fase. Na próxima fase, o cão sofre de cegueira temporária, desorientação, ritmo, etc Uma convulsão geralmente dura de alguns segundos a poucos minutos. Freqüente ocorrência de convulsões precisa de ajuda médica.

O que é linfoma canino?

Linfoma é também conhecido como linfossarcoma, e é um dos tipos mais comuns de cancro do observado em cães. Os tumores que se desenvolvem em linfoma são de tipo maligno. Basset Hound, Boxer, Chow Chow, Poodle, etc, são algumas das raças de cães que estão em maior risco. A causa real para linfoma em cães ainda é desconhecida. Exposição a substâncias químicas nocivas e pesticidas é considerado como uma possível razão para o desenvolvimento de linfomas. Linfoma é ainda classificado em função da localização do tumor. Biópsia pode ajudar a diagnosticar a presença de células cancerosas e de tratamento adequado pode ser fornecido. Não existe cura para esta doença, mas os sintomas podem ser reduzidos.

Como vou saber se meu cão está sofrendo de doença cardíaca?

Muitas vezes acontece que os donos de cães não sabem que seu cão está sofrendo de uma doença cardíaca, até o aparecimento dos sintomas. Existem vários tipos de doenças do coração canino, mas têm sinais e sintomas semelhantes. Basicamente, existem dois tipos de doenças cardíacas, em cães, doença cardíaca congênita e doença cardíaca adquirida. Letargia, tosse, fraqueza, perda de apetite, dificuldade respiratória, etc, são sinais de problema de coração leve. Por outro lado, abdómen inchado, perda de peso repentina, dificuldade em respirar demais, depressão, são indicações de alguma doença cardíaca grave. Insuficiência cardíaca congestiva e dirofilariose são duas formas comuns de doença cardíaca em cães. Você deve sempre consultar um veterinário quando você perceber esses sintomas em seu cão.

Será que o meu cão tem câncer?

Quando você de repente se deparar com um caroço no corpo do seu cão pode assustar. Um caroço no corpo não pode sempre indicar câncer. Câncer sintomas de cães não são observados durante as fases iniciais da doença. Nem todos os tumores indica o cancro, tumores pode ser o resultado de alguma alergia da pele ou inchaço devido a ferimentos. Então, se você se deparar com tal tumor, não entre em pânico, em vez disso, visite um veterinário, no mínimo, para diagnosticar qual o tipo de tumor que é. Cancros caninos são geralmente tratável.

O que pode causar hipotireoidismo em cães?

A tireóide é uma glândula importante que secreta a tiroxina. Tiroxina é uma hormona que regula o metabolismo do corpo. Quando a glândula tireóide não está funcionando adequadamente, não secretam quantidades adequadas de tiroxina, levando ao hipotireoidismo. As causas do hipotiroidismo podem ser classificados em duas categorias. A primeira categoria é conhecida como causas primárias, onde a glândula tireóide é ou inflamada ou degenerados e, portanto, não está funcionando corretamente. As causas secundárias incluem outros problemas de saúde que não permitem a glândula tireóide a produzir quantidade suficiente de tiroxina. Na maioria dos casos, o hipotiroidismo é um resultado de uma desordem auto-imune, em que o sistema imunitário ataca a glândula tiróide, enquanto que nos casos restantes, hipotiroidismo é causada devido a razões idiopáticas.

O que é cinomose?

A cinomose é altamente contagiosa, a doença, incurável viral, que pode afetar o sistema respiratório, gastrointestinal e sistema nervoso central do cão. O vírus que causa a cinomose é o vírus da cinomose canina (CDV). A vacinação é a única fonte de prevenir esta doença fatal. Os sintomas da cinomose são reduzidos apetite, vômitos, tosse, corrimento ocular aquoso, paralisia, etc.. O vírus também pode causar os coxins plantares de o cão se tornar difícil. Os sinais e sintomas da cinomose variar e, portanto, não se deve negligenciar qualquer sintoma possível da doença.

O que pode causar paralisia em meu cão?

A paralisia pode ser causada devido a uma série de razões, e que é necessário para identificar a causa para dar o tratamento apropriado para o cão. O diagnóstico precoce da causa tem sido útil para tratar o cão com sucesso para a paralisia. Doença degenerativa do disco, a paralisia do carrapato, infecções virais e bacterianas, mielopatia isquêmica, etc, são algumas das principais causas de paralisia em cães. Fora destas causas, paralisia do carrapato é a causa mais comum de paralisia em cães. É necessário que cada proprietário do cão está ciente dos sintomas associados com cada uma destas causas de paralisia em cães. Paralisia, se diagnosticada no mínimo, pode ser tratada com sucesso e que o cão pode levar uma vida saudável pela frente.

Quais são os sintomas da raiva em cães?

Raiva em uma dessas doenças terríveis, causada por um vírus que ataca diretamente o sistema nervoso do cão. Este vírus está presente na saliva do cão infectado e pode ser transmitido mesmo para seres humanos. Os sintomas da raiva variam, e não todos os cães infectados mostra os mesmos sintomas. O período de incubação do vírus varia de oito semanas a até seis meses, daí, o início dos sintomas também difere. Dramáticas mudanças de comportamento e físico são observadas quando um cão está infectado pela raiva. Mudança de humor, salivação excessiva, perda de controle, perna e problemas de memória são alguns dos sintomas iniciais da raiva em cães. O cão torna-se hipersensível ao ruído e também torna-se inquieta. Quando o cão atinge o último estágio da doença, torna-se paralisado e podem eventualmente morrer. Lá há cura ou tratamento efetivo para a raiva. No entanto, a vacinação pode ser a melhor prevenção para esta doença com risco de vida.[Voltar ao Índice]

Estas foram as respostas a algumas perguntas frequentes sobre a saúde do cão. Qualquer comportamento anormal, seja ele físico ou psicológico, não deve ser negligenciado e um veterinário deve ser consultado, no mínimo. O proprietário de um bom cão deve estar ciente dos sinais e sintomas de doenças de cães, de modo que o problema de saúde pode ser diagnosticada o mais cedo possível, e tratamento imediato ser dado.




Related posts

3 thoughts on “Cão. Perguntas e Respostas sobre Saúde

  1. João henrique

    Bom dia o meu pinscher esta com ascite ,qual seria melhor alimentação para ele , ja estou tando os remedio estou com duvidas em alimentos

  2. Maysa

    Bom Dia
    Tenho um poodle de 16 anos, nos último mês foi diagnosticado insuficiência renal crônica, estar fazendo o tratamento medicamentoso, ele estar apresentados aftas com um odor desagradável, estou fazendo a limpeza com água oxigena volume 10 (apropriada pra esse tipo de situação), tem pouco apetite, e estar magrinho, o que você indicaria fora a água agua oxigenada pra tratar dessa afta, pois é desagradável tanto pro meu cachorrinho, quanto pra quem fica perto dele…
    Nesta caso a eutanásia seria indicado,de forma alguma quero vê ele sofrendo, e nem ter essa opção de sacrificar.. E sim de vê-lo bem.

  3. Gilnei Farina

    Bom dia tenho um Poodle de 11 anos com catarata inicial, e vinha acompanhando pela internet as descobertas publicadas na Revista Nature em julho/2015 sobre o Esteroide Lanosterol que em experiências com cães e gatos reverteu a Catarana e a expectativa era que em 5 anos fosse lançado medicamento para uso humano, hoje verifiquei que nos EUA foi lançado o LANOMAX para catarata em animais a base do lanosterol, é vendido por US$ 99 ( no EUA) , o estoque está esgotado parece que está vendendo bem , mas não consegui achar na internat nenhuma referencia sobre o produto (fora o site de da empresa ( http://www.lanomax.com/lanomax.html ), sei que o estudo é verdadeiro . ALGUÉM CONHECE O PRODUTO E SEUS RESULTADOS , JÁ TESTOU ? Gilnei Farina

Leave a Comment