Doenças Neurológicas em Cães

Quais são as doenças neurológicas mais comuns em cães? Desloque-se para descobrir sobre as causas e sintomas de algumas das doenças neurológicas comuns em caninos.

Você vê uma mudança na marcha do seu cão? E  o seu cão se comporta de forma estranha? Comportamento do cão estranho é obrigado a criar apreensão na mente de cada proprietário do cão. Às vezes, problemas comportamentais caninos poderiam ser atribuídos a certas desordens neurológicas. Se você sente  que seu animal de estimação se tornou lento na resposta e há sinais visíveis de um declínio nas funções cognitivas do seu cão, tenha seu animal de estimação examinado para doenças neurológicas. Existem diferentes tipos de condições neurológicas que podem afectar um sistema central do cão nervoso e do sistema nervoso periférico. Esses transtornos podem ser devido a congênita ou pode se desenvolver com a idade. É de sua responsabilidade para tomar nota de sinais de comportamento incomum do cão ou descontrolado. Se seu cão parece desorientado, consulte um veterinário logo.

Condições neurológicas que podem afectar cães

Uma vez que há um certo número de condições neurológicas que podem afectar  cães, é difícil identificar todas as possíveis causas e sintomas. As causas, bem como os sinais que seriam expostos irão variar dependendo da condição neurológica específica que um cão está a sofrer. Algumas dessas doenças de cães podem ser causadas devido a razões genéticas embora alguns possam ser relacionadas com a idade.

Epilepsia
É o seu cão sofre de convulsões recorrentes? Ataques caninos pode ser causado devido a um distúrbio neurológico chamado de epilepsia. Epilepsia canina é uma doença do cérebro comum associada com impulsos elétricos anormais que inibem a utilização coordenada dos músculos. Esta condição pode ser classificada em epilepsia idiopática e epilepsia secundária. Esta poderia ser uma doença hereditária ou pode ser causada devido a traumatismo craniano ou infecção. Um cão que sofre desta condição pode apresentar sintomas como remar de pernas, tremendo, correndo em círculos, as mudanças no estado de alerta mental, micção involuntária e salivação excessiva.

Mielopatia degenerativa
Doenças neurológicas degenerativas também podem inibir a utilização coordenada dos músculos. Uma tal desordem é mielopatia degenerativa. Esta condição está associada com a deterioração dos nervos da medula espinal. Isso geralmente afeta cães mais velhos. Um cão que sofre desta condição terá problemas durante a caminhada, corrida e escalada. Essa condição afeta a capacidade do cão de usar suas patas traseiras. Conforme a doença progride, as pernas podem até ficar paralisadas.

Miastenia Gravis
A miastenia gravis é uma doença neuromuscular que se caracteriza por fraqueza muscular. Isso ocorre quando a transmissão dos impulsos dos nervos para os músculos não se realiza de uma maneira normal. Em circunstâncias normais, uma substância chamada acetilcolina (ACh) actua como um neurotransmissor e facilita a transmissão dos impulsos dos nervos para os músculos. Os problemas surgem quando o número de receptores de acetilcolina nos músculos diminui. Esta condição pode ser congênita ou adquirida. Raças como terriers Jack Russell, spaniels springer e terriers raposa suaves são mais suscetíveis a miastenia gravis congênita. A forma adquirida desta doença neuromuscular acredita-se a ser uma doença auto-imune. Miastenia grave adquirida afeta cães mais velhos. Megaesôfago, que se refere ao alargamento do esôfago, é um dos primeiros sinais de miastenia grave adquirida.

Síndrome de Disfunção Cognitiva
É o seu cão sofrendo de demência? Os sintomas de demência incluem mudanças de desorientação, perda de memória, confusão e personalidade. Se você encontrar o seu cão olhando para as paredes, andando em círculos ou não respondendo quando você dá comandos familiares, consultae um veterinário logo. Estes são os sinais mais comuns de demência senil ou da disfunção cognitiva canina. Um cão com estes sintomas deve ser clinicamente examinado. Os tumores cerebrais em cães também podem causar tais mudanças comportamentais.

Síndrome Vestibular canina
A perda repentina de equilíbrio, desorientação, nistagmo, problemas nos nervos faciais e inclinação de cabeça são alguns dos sintomas associados à síndrome vestibular periférica. Esse distúrbio neurológico é causado devido a uma inflamação nos nervos que conectam o ouvido interno e o cerebro. Esta condição geralmente afeta cães de meia-idade ou mais velhos. Ela pode ser causada devido a doenças caninas, como a doença de Lyme, febre maculosa das Montanhas ou doença hepática.

Encefalopatia hepática
Outra condição responsáveis ​​por uma disfunção neurológica é encefalopatia hepática. Esta é uma doença degenerativa do cérebro, que é causada por insuficiência hepática grave que pode afetar os cães que sofrem de uma doença hepática avançada. Compulsivos circulando, andando, cambaleando, histeria, tremores, convulsões e estado de coma são alguns dos sintomas desta doença. Granulomatosa meningoencefalomielite (GME) é outra desordem neurológica que é causada devido a inflamação do sistema nervoso central. Um cão que sofre de GME pode sofrer de convulsões, tremores, paralisia facial, circulando compulsivo e com fraqueza.

Doença de Parkinson
Doença de Parkinson, em cães se acredita a ser uma consequência de mutações na proteína de Parkin. Esta desordem neurológica degenerativa se acredita a ser hereditária e afeta cães mais jovens. Um cão atingido  por esta condição é provável que apresente sintomas como dificuldade com o equilíbrio, bem como no caminhar. Outros sintomas incluem rigidez muscular, movimentos espasmódicos, tremores, lentidão e mudança no nível de alerta mental.

Isso foi alguma informação sobre doenças neurológicas em cães. Cada proprietário do cão deve tomar cuidado com os sintomas acima referidos. Se o seu animal está apresentando algum destes sintomas, consulte um veterinário logo.

Aviso: Este artigo é apenas para fins informativos e não em qualquer tentativa forma de substituir os conselhos oferecidos por um veterinário.




Related posts

10 thoughts on “Doenças Neurológicas em Cães

  1. Jorge

    Obrigado pelo esclarecimento! Ajudou a identificar o que havia acontecido com minha cachorrinha.

  2. Misleide Porto

    Tenho uma doople de 2 meses e ela tem uma crise metodológica , ela treme toda as patas não obedecem e o olho dela treme . Fiz exame de sangue nela e não deu nada .

  3. Misleide Porto

    * quiz dizer Neurológica

  4. alexandre

    Minha cachorra perdeu os movimentos traseiro com o passar do tempo ,em torno de duas semanas ela já não andava mais. Mesmo com a cadeirinha ela não tem condições de ficar em pe,porém ela tem força com as patas dianteiras. Mesmo assim não tem equilíbrio. O que fazer?

  5. Patricia

    Meu cachorro tem um problema grave: desde filhote morde a propria cauda,tem um temperamemto difícil. Sua antiga família o multilou e o abandonou por causa disso e então eu o adotei. Gostaria de saber se esse disturbio tem nome e se tem cura.

  6. Rosana

    Tenho uma cachorra Poodle, ela completou 2 anos e mudou seu comportamento, está agressiva com a cachorrinha que vive com ela que é sua filha, começou a morder a própria perna. Fizemos o tratamento com antibiótico e pomada na firida e ela usou o colar cirúrgico por 2 meses. Quando sarou a ferida tiramos o colar, mas pouco tempo depois ela voltou a moder , agora perto do rabo. Este comportamento poder ser neurológico? Qual tratamentos inducado?

  7. Nathanna

    Olá você conseguiu resolver o problema do sua cachorrinha? Eu tenho um poodle que tbm parou de andar,se estive em 3 Vet é ninguém consegue resolver

  8. elisete

    Minha cachorrinha Ta sem fazer xixi ela não tem cálculos e a médica diz que é problema neurológico.

  9. somatodrol

    O produto não possui contraindicações, apenas não é indicado para gestantes, lactantes e menores de idade. Os atletas profissionais que desejam usar de Kimera devem ficar alerta as diferentes legislações de cada federação desportiva para saber se há alguma restrição a um dos componentes do suplemento.
    Em quanto tempo são vistos os benefícios?
    Nos primeiros meses de uso de Kimera é possível verificar ganhos, quem desejar ter resultados mais rápidos deve aconselhar-se comum médico para saber qual a possibilidade de aumento da dose de 02 comprimidos por dia. somatodrol-no-brasil.com
    Esse produto proporciona ingredientes que atuam regulando a quantidade de HGH (hormônio do crescimento) presente no corpo de maneira a influenciar no aumento dos músculos.
    A fórmula de Somatodrol (Soma Pro) opera diretamente nos músculos melhorando a sua contração e com isso propiciando maior força para a construção de massa magra. somatodrol-no-brasil.com Eu recomendo

  10. Michelle Jesus de Oliveira

    Meu filhote tem 2 meses e caiu portão na cabeça dele, ele está sem andar , com a cabeça pra trás e com olhar perdido, a veterinária disse que ele vai voltar ao normal com os medicamentos… Será que é possível??

Leave a Comment